Despertando a curiosidade do leitor

computador-digitacao-size-598Estou fazendo um artigo para o CNPq sobre sustentabilidade em algumas empresas que atendo, aqui na região onde moro. Nas minhas orientações, dentre muitas outras, recebi uma dica superimportante, que é como aguçar a curiosidade do leitor na introdução do trabalho, ou seja, ir comentando o assunto mas sem chegar na hipótese antes do tempo.

Como meu tema se trata da sustentabilidade em industrias que geram muitos resíduos, a minha hipótese era justamente a importância da sustentabilidade como vetor da inovação para essas pequenas empresas. Quando minha orientadora estava lendo minha introdução, que já no segundo parágrafo dizia o motivo do trabalho, ela parou imediatamente a leitura e disse que a minha hipótese (o que se pretende com a pesquisa) deveria aparecer somente no final.

Vamos ver algumas dicas de “linkagem” para deixar a parte importante do seu trabalho apenas  para o fim, com base nas orientações que recebi e achei muito boas:

Comece sua introdução com uma abordagem geral sobre o tema, faça algumas citações, no caso do meu artigo eu tenho que citar pelo menos seis autores, mas pergunte seu orientador sobre isso, antes de sair citando. Vá chegando aos poucos no contexto que você pretende explorar usando parágrafos que tenham a ver com a hipótese, até que finalmente você encerre sua introdução falando da importância de sua hipótese para aquela pesquisa e para o cenário a ser pesquisado (empresa, região, etc).

De forma clara e contextualizada, você terá uma introdução boa e que chama a atenção do seu leitor, nunca explanando o tema da pesquisa logo no primeiro ou segundo parágrafo.

Essa foi uma dica da minha orientadora e espero que seja útil pra vocês. Pra mim, melhorou bastante a minha introdução. São coisas que geralmente não se aprendem no primeiro período da facul…

Até a vista! E bons artigos!

Comentários

  1. […] Já temos um outro post publicado aqui sobre introdução, vale a pena dar uma conferida clicando aqui. […]

  2. […] Já temos um outro post publicado aqui sobre introdução, vale a pena dar uma conferida clicando aqui. […]

  3. […] Já temos um outro post publicado aqui sobre introdução, vale a pena dar uma conferida clicando aqui. […]

Deixe uma comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *