Vamos por partes: A escolha do Tema

Vamos por partes

A escolha do tema é o primeiro e o mais importante passo para que o trabalho ocorra sem dificuldades. Se a escolha do tema é bem feita, o trabalho acontece de maneira suave, sem obstáculos e o seu desenvolvimento passa a ser bem mais agradável.

Parece óbvio, mas muitos pensam em assuntos mirabolantes, temas espetaculares, e se desviam da aplicabilidade do tema e de como conseguirão todas as informações necessárias.

Ter grande interesse pelo assunto é a melhor motivação para realizar um excelente trabalho. Procure uma identificação do tema com a sua área e siga em frente. Muitas vezes os professores, leitores e até mesmo você podem se surpreender com um excelente trabalho gerado a partir de seu assunto predileto.

Mas atenção: não insista em um tema pelo simples fato de gostar dele. Não se esqueça de que é essencial ele ser relevante para o seu curso. Se não houver ligação com sua área de formação, seu trabalho pode não ser representativo e não ter significado algum.

Analisar se você terá facilidade em obter informações sobre o assunto é fundamental. Não adianta escolher uma supermultinacional como objeto de estudo se você não possuir nenhum contato dentro da empresa e souber que será barrado pela primeira secretária com quem tentará manter contato.

Os melhores trabalhos são realizados sobre temas próximos à realidade do aluno. Estude a possibilidade de desenvolver um trabalho que, no futuro, possa ser realmente aplicado e traga benefícios não só para quem cedeu as informações, mas também para você, já que se empenho para executá-lo.

Converse com seu orientador e escute o que ele tem a dizer. Ele saberá guiá-lo para um tema que o faça desenvolver o seu trabalho com mais paixão.

Esta série está sendo baseada na coletânea “Superdicas para um Trabalho de Conclusão de Curso nota 10” (Rachel Polito).

@tamilesrc

Deixe uma comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *